Pandemia aprofunda deficiências da Educação brasileira

/, Educação no País/Pandemia aprofunda deficiências da Educação brasileira

Fonte: Programa Gente do Rio. 17 de outubro de 2021.

Os números das pesquisas sobre a educação durante a pandemia são preocupantes, não só quanto à aprendizagem, mas, também, em relação ao aumento da desigualdade e dos índices de evasão escolar. Segundo a educadora Andrea Ramal, Doutora em Educação pela PUC-Rio, em entrevista ao programa Gente do Rio, da BAND Rio, é muito importante refletir sobre os impactos do estudo remoto. “São inúmeras as lacunas, principalmente pelo aumento no número de crianças e jovens que abandonaram a escola e pela falta de conectividade geral para diversos alunos”, explica.

A educadora Andrea Ramal, ao lado de Renan Ferreirinha, Secretário Municipal de Educação do Rio de Janeiro, destacou, em entrevista à apresentadora Monica Ramos, que para uma educação a distância efetiva é preciso oferecer recursos tecnológicos, autonomia e estimular a autodisciplina do estudante. Além disso, ressalta a educadora, é muito importante ter uma família participativa, que ajude crianças e jovens na motivação e organização em casa.

“Nós experimentamos a modalidade online e não tem mais volta. O futuro está realmente no investimento nas aulas presenciais e também no uso da tecnologia para potencializar o ensino”, destaca Andrea Ramal.

Segundo a educadora, é fundamental usar a internet como instrumento de aprendizagem e se aprimorar nesse universo tão rico em possibilidades.

>Assista na íntegra
2021-11-16T19:48:48+00:00