Pandemia: Educação brasileira passa por retrocesso

/, Educação em Casa, Educação no País/Pandemia: Educação brasileira passa por retrocesso

Fonte: Globonews. 27 de Julho de 2021.

As escolas públicas brasileiras vêm enfrentando inúmeros desafios para se recuperar dos danos causados pela pandemia. A educadora Andrea Ramal, doutora em Educação pela PUC-Rio, em entrevista para a GloboNews, alertou que uma década foi perdida.

Um retrocesso de 20 anos na educação”

“Nós estávamos indo muito bem até 2020. Era difícil uma criança, com 7 ou 8 anos, estar fora da escola. Agora, infelizmente, enfrentaremos o desafio de trazer esses alunos de volta às salas de aula.”

Segundo Andrea, esse é um prejuízo com o qual o país terá que lidar e os resultados serão sentidos a médio e a longo prazos. “Certamente, a consequência dessa evasão escolar, gerada pela pandemia, vai acirrar ainda mais a desigualdade educacional em nosso país. Atualmente, são 5 milhões de crianças e jovens fora da escola, um número similar ao registrado no início dos anos 2000. Ou seja, um retrocesso de 20 anos na educação do Brasil”, concluiu a especialista

Um novo horizonte é possível para educação, mas ele requer união

Conclui-se, portanto, com tudo o que foi anteriormente assinalado, que as escolas públicas brasileiras ainda têm um longo caminho a percorrer para reparar os danos causados pela pandemia, como o aumento da evasão escolar e o acirramento da desigualdade educacional.

Para reverter esse cenário, é necessária a cooperação de toda a comunidade escolar, da sociedade civil organizada e do poder público. Caso contrário, assistiremos ao agravamento desses males que atualmente nos assolam.

Caso você tenha se interessado pelo tema e deseje se aprofundar mais, então não pode deixar de ler o artigo Pandemia aprofunda deficiências da Educação Brasileira”,  no qual a doutora em Educação pela PUC-Rio Andrea Ramal discute como a pandemia agravou as deficiências do nosso sistema educacional.

>ASSISTA NA ÍNTEGRA
2021-11-10T10:18:45+00:00