RJ2: PAIS RECLAMAM DA MUDANÇA DE HORÁRIO DE ENTRADA E SAÍDA DAS ESCOLAS NA REDE MUNICIPAL

/, Educação no País, Profissão Professor/RJ2: PAIS RECLAMAM DA MUDANÇA DE HORÁRIO DE ENTRADA E SAÍDA DAS ESCOLAS NA REDE MUNICIPAL

Fonte: RJ2 

 

Pais e mães dos alunos não gostaram nem um pouco das mudanças no calendário escolar. Esse ano, os alunos das escolas municipais do Rio vão ficar menos tempo na escola. O calendário de 2019 prevê que, em 17 dias do ano, os estudantes vão ter apenas metade da carga horária. Nos dias e horários que os alunos forem dispensados, os professores vão ficar dentro da escola planejando as aulas. A medida foi tomada para cumprir uma lei de 2008, que determina que o professor tem o direito de usar um terço da carga horário para planejar as atividades escolares.

Menos horas na sala de aula

Segundo a educadora Andrea Ramal, Doutora em Educação pela PUC-Rio, “Cada vez que se interrompe ou reduz o momento de aprendizagem, existe uma perda de ritmo. Então, é um eterno recomeçar para o aluno. Além disso, cada vez mais a gente sabe que a escola precisa ir se tornando progressivamente uma escola em tempo integral, isto é, ampliar o número de horas na escola. Com essa medida, vemos um retrocesso, uma vez que o estudante tem menos oportunidade de aprendizagem”, analisa.

Recreio

Responsáveis reclamam que o horário do recreio também foi alterado e até extinto nas escolas.

Assista a reportagem!
2019-02-19T22:11:29+00:00