XLVII CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO EM ENGENHARIA – COBENGE

//XLVII CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO EM ENGENHARIA – COBENGE

A educadora Andrea Ramal palestrou no XLVII Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia (COBENGE), em Fortaleza. É o mais importante fórum de discussão sobre a formação e o exercício profissional em engenharia no Brasil. A consultora em Educação participou da sessão “Inovação na Educação em Engenharia e na Educação Continuada”.


Com ampla experiência na capacitação de professores e gestores de escolas e universidades por toda a América Latina, Andrea apresentou experiências exitosas e os benefícios da implementação de metodologias ativas, como sala de aula invertida e ensino híbrido. Além disso, trocou ideias sobre o papel dos professores no mundo pós-digital e dará dicas de como aplicar novas técnicas de ensino em sala de aula.  

 

A sala de aula invertida é um modelo metodológico alinhado com as novas formas de aprender porque confere ao estudante mais autonomia, estimula seu protagonismo e parte dos princípios de flexibilidade e personalização. Segundo a educadora Andrea Ramal, “os estudos realizados em diversas instituições apresentam ganho em relação à metodologia tradicional, independentemente da disciplina. As aulas são mais produtivas e participativas, menos expositivas. Os alunos se engajam mais no conteúdo e os professores precisam de menos tempo para explicar conceitos básicos”, destaca. 

 

Realizado, anualmente, desde 1973, o evento tem como missão ajudar na melhoria da qualidade do ensino de graduação e pós-graduação em engenharia e tecnologia no Brasil, favorecendo decisivamente para a formação de profissionais cada vez mais qualificados e capacitados. Este ano, o tema principal será a “Formação por competência na engenharia no contexto da globalização 4.0”.

 

2019-09-18T15:15:16+00:00