Redação no Enem: Andrea Ramal dá dicas

/, ENEM e Vestibular/Redação no Enem: Andrea Ramal dá dicas

Foto: André Teixeira / André Teixeira

Fonte: O Globo, Bruno Alfano. 13 de janeiro 2020.

A educadora Andrea Ramal, autora do livro Redação Excelente para Enem e Vestibulares (Editora Método / Grupo GEN) preparou seis dicas para os alunos fazerem uma ótima redação no Enem:

  • Fazer primeiro o rascunho da redação, depois responder às questões da prova e, no final, reler o texto fazendo o mesmo exercício de acrescentar ou suprimir frases.
  • Ler a redação com um certo distanciamento do momento em que escreveu permite fazer essa leitura crítica mais apurada, acrescentando pontos ou cortando excessos.
  • Ser preciso nas palavras. Quando não tiver certeza do significado de um termo, ou não lembrar da sua grafia correta, usar outro equivalente.
  • Evitar pleonasmos viciosos. Os escritores se valem do pleonasmo (repetições) como um recurso para reforçar uma ideia. Mas a repetição que acontece quando não se domina a linguagem é malvista. Por exemplo: subir para cima, protagonista principal, ver com seus próprios olhos, surpresa inesperada, outra alternativa, retomar de novo, pessoa humana, e similares.
  • Manter o foco no tema proposto, sem se desviar. Lembre-se que esse é um dos problemas mais comuns identificados pelos avaliadores, e um dos que mais tiram pontos.
  • Não fazer generalizações. Por exemplo, em vez de: “Não há ninguém que acredite que. . .”, prefira: “Quase ninguém acredita que. . .”; em vez de “a economia sempre cresce quando. . .”, prefira: “em geral, a economia costuma crescer quando. . .”; em vez de “Esta é a melhor solução. . .”, prefira: “Esta é uma das soluções mais adequadas”; e assim por diante.
>LEIA NA ÍNTEGRA
2021-01-13T13:55:37+00:00