PESQUISA MOSTRA QUE 44% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA NÃO LÊ

/, Educação em Casa, Educação no País, Encontro com Fátima Bernardes, Tendências/PESQUISA MOSTRA QUE 44% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA NÃO LÊ

A educadora Andrea Ramal explica a importância da leitura

 

Fonte: Globoplay

A importância da leitura é tema de discussão no Encontro. Segundo a quarta edição da Pesquisa Retratos da Leitura, realizada pelo Ibope por encomenda do Instituto Pró-Livro, 44% dos brasileiros não leram nenhum livro no ano de 2016.

Segundo a educadora Andrea Ramal, “existe uma questão cultural no Brasil. Os brasileiros desenvolvem pouco o hábito da leitura, que precisa ser estimulada desde cedo, de preferência com pais leitores. Termos todas as crianças brasileiros na escola é algo recente. Com isso, muitos pais e mães não possuem ensino fundamental. Isso dificulta também. Outra questão são as novas tecnologias. Todo mundo quer multimídia, atrações animadas, monitores e games. Frente a isso, o livro parece algo parado, mas não é! O livro é um mundo que se abre, estimula a imaginação. De jeito nenhum é algo passivo!”.

Na contramão dessa corrente, Júlia estuda letras e sempre gostou de ler. A apresentadora Fátima Bernardes conversa com Seu Cardoso, que mantém um centro de leitura em uma cooperativa de reciclagem em Recife.

“A leitura se aprende por imitação. Até crianças que ainda não aprenderam a ler, imitam os pais folheando uma revista ou livro. O grande número de escolas públicas sem biblioteca é uma grande perda. Além da falta de acesso ao livro, existe, ainda, a carência de um espaço de leitura nas instituições de ensino. Ler exige um espaço apropriado. Ninguém lê rígido sentado em uma cadeira. Você deita em uma almofada, em um tapete macio. Hoje, as boas já possuem esse espaço de leitura e os professores estimulam as crianças a escolher o livro desejado. Isso é importante também, já que não é bom ler forçado, obrigado. As boas escolas também chamam os pais e explicam a importância. Pais leitores formam filhos leitores”, analisa a Doutora em Educação pela PUC-Rio.

“Muitos se perguntam: por que só 55 alunos tiraram nota mil no Enem de milhões de candidatos? A falta de leitura também traz a dificuldade de se escrever bem. Quando entramos em contato com bons autores, nós também aprendemos as boas maneiras de se expressar”, salienta a especialista.

Assista a um trecho da participação da especialista
2019-01-30T16:06:10+00:00