O desenvolvimento das competências socioemocionais

/, Destaque, Educação no País/O desenvolvimento das competências socioemocionais

Imagem: EnvatoElements

Fonte: Escola da Vida, Rádio CBN. 04 de fevereiro de 2021.

No Escola da Vida, na CBN Rio, Andrea Ramal comentou a retomada das aulas em meio à pandemia.

“Passamos quase 40 semanas sem aulas, um período bem superior ao registrado em outros países. A volta às aulas é muito bem-vinda, mesmo sendo no modelo híbrido, com turmas reduzidas ou no sistema de revezamento. Essa retomada é muito importante porque as crianças e jovens, emocionalmente abaladas, não conseguem mais ficar em casa”.

A especialista em educação reforça a necessidade da adoção dos protocolos de segurança e a importância da modernização da escola: “a educação não deve se limitar ao conteúdo apresentado em aulas expositivas. As escolas vinham em um movimento muito bom e inovador, contemplando as competências socioemocionais, como empatia, resiliência, paciência, autonomia e a possibilidade de incluir. Mas são competências mais difíceis de trabalhar no online. As escolas ainda não estão preparadas para a adoção de técnicas que funcionam no presencial no online”.

O sucesso de iniciativas como essa vem da cooperação com professores e diretores. “O ideal é que os professores não deixem de lado as possibilidades que funcionavam no presencial, como as dinâmicas e os trabalhos em grupo e adaptem para o ensino online”, ressalta a educadora. “Neste momento, o lado emocional está muito fragilizado e discussão sobre o tema é muito bem-vinda. Precisamos contribuir para que crianças e jovens se sintam mais autoconfiantes e acolhidos”, conclui Andrea Ramal.

>OUÇA NA ÍNTEGRA
2021-02-05T10:01:45+00:00