NEGOCIAR INFLUI NA AUTOCONFIANÇA DA CRIANÇA

//NEGOCIAR INFLUI NA AUTOCONFIANÇA DA CRIANÇA

Negociações estimulam a autoconfiança das crianças. Foto: Roberto Moreyra/Extra

 

Fonte: Extra | Autora: Evelin Azevedo

 

RIO – Criar um filho é um grande desafio. Não existe uma receita de bolo: os pais vão tentando, sempre torcendo para acertar. Há aqueles mais liberais, outros mais controladores. É preciso ter em mente que você está criando um futuro adulto, portanto, a criança deve ser treinada — sem exageros, claro — para o que a espera. Na hora de decidir sobre assuntos relacionados à vida de seu filho, é bom levar em consideração a opinião dele.

— Mostrar ao filho que ele também pode ter opiniões e ser ouvido é uma forma de estimular a capacidade intelectual e de argumentação, aprender sobre limites e consequências das escolhas. A partir de conversas e negociações claras, é possível ensinar crianças e adolescentes a agir com iniciativa, serenidade e criatividade frente aos problemas, além de encarar dificuldades e frustrações — afirma Andrea Ramal, educadora e consultora em Educação.

Leia a matéria completa
2018-05-13T18:54:39+00:00