MATEMÁTICA: ENTRE O ORGULHO E A VERGONHA

//MATEMÁTICA: ENTRE O ORGULHO E A VERGONHA

Brasil é promovido ao Grupo 5, que reúne a elite da Matemática

 

O Brasil acaba de ser promovido para o Grupo 5, a elite da Matemática mundial, que reúne as nações mais desenvolvidas na pesquisa da área, como Estados Unidos, Alemanha e Japão. Isso deveria ser motivo de orgulho, não fosse pelo fato de o país ter também um dos piores índices de aprendizagem nesta área. No último Pisa, exame internacional aplicado a jovens em torno dos 15 anos, o Brasil ficou no 66º lugar no ranking de proficiência em Matemática, entre 70 participantes — atrás de Qatar, Indonésia e seus vizinhos da América Latina.

Nesta prova, 70% dos estudantes brasileiros ficaram abaixo do nível básico, sem conseguir resolver problemas numéricos simples. A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) considera essas habilidades um pré-requisito mínimo para exercer a cidadania. No Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), o ensino médio brasileiro nunca atingiu a nota 4 sobre 10. Apenas 7% dos alunos atingem o aprendizado adequado em Matemática; nas escolas públicas, o índice é de 3,6%.

2018-03-07T13:53:37+00:00