GLOBONEWS: POUCO MAIS DE 50% DAS ESCOLAS PÚBLICAS POSSUEM BIBLIOTECAS

/, Educação no País, Tendências/GLOBONEWS: POUCO MAIS DE 50% DAS ESCOLAS PÚBLICAS POSSUEM BIBLIOTECAS

A biblioteca dentro do colégio ajuda a desenvolver a prática da leitura

Há muito tempo se fala da necessidade do investimento maciço em educação. Segundo levantamento feito pelo Ministério da Educação, quase metade dos colégios públicos brasileiros do país não possuem biblioteca. O Brasil possui hoje mais de 184 mil escolas públicas, no entanto mais de 90 mil não têm biblioteca à disposição dos alunos e professores. O estudo revela também que o estado do Maranhão é o mais carente nesse quesito, com 84,4% de escolas sem biblioteca. Já o Distrito Federal possui 88% das instituições públicas com espaço para leitura, e no Rio de Janeiro a taxa chega a 73%.

Segundo a educadora Andrea Ramal, Doutora em Educação pela PUC-Rio, “a biblioteca na escola é muito importante porque ajuda a desenvolver a prática da leitura, o hábito. É uma primeira oportunidade para as crianças começaram a se aproximar e se apaixonar pelo universo maravilhoso da literatura. Além disso, existem outros benefícios. Algumas famílias não possuem recursos para comprar livros, por isso a biblioteca no colégio é uma oportunidade para as crianças pedirem livros emprestados e levarem para casa. Além disso, existem famílias que aproveitam esse empréstimo para ensinar valores. Isso porque quando o aluno pega um livro emprestado, ele precisa devolver no prazo e cuidar do livro porque outras pessoas vão ler depois. Tudo isso também forma atitudes importantes em uma educação mais integral”, destaca a educadora.

“A falta de bibliotecas tem relação com o contexto mais geral da educação, que é a falta de recursos nas escolas. Lamentavelmente, ainda temos muitas escolas públicas sem bibliotecas, sem quadra esportiva, sem laboratório de ciências e sem um espaço de informática adequado. A infraestrutura precisa melhorar muito para atender as necessidades dos estudantes de hoje. Com mais recursos, o professor conseguiria ensinar melhor e a criança também ficaria mais motivada, reduzindo, assim, o risco do aluno abandonar os estudos ao longo dos anos”, comenta a especialista.

A educadora também reforça a importância dos pais incentivarem a leitura. “Formar para a valorização da leitura é uma parceria entre escola e família. Cabe aos pais ler junto com as crianças, criar um cantinho da leitura, estabelecer um horário da leitura e dar o exemplo. Filhos de pais leitores tendem a se tornar leitores também”, aconselha.

Assista!
2018-09-12T14:23:42+00:00