FAZER UMA EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE COMEÇA POR OUVIR O ESTUDANTE

/, Educação no País/FAZER UMA EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE COMEÇA POR OUVIR O ESTUDANTE

Manifestantes participam de ato contra cortes na educação, na Candelária, no Rio de Janeiro. Foto: REUTERS/Pilar Olivares

Fonte: CBN

No ‘Escola da Vida’ do dia 16 de maio, a educadora Andrea Ramal analisou as manifestações pelo país em defesa da educação.

Declarações do Ministro da Educação

Tudo se agrava com o problema de comunicação do governo. Algumas medidas fazem sentido no discurso do ministro, mas a maneira de comunicá-las deixa a população assustada. O Brasil realmente precisa de mais investimento na educação básica, que é uma fase importantíssima pra que, posteriormente, o ensino fundamental transcorra bem. Hoje existem crianças sem creches e pré-escolas, professores abandonando o ensino fundamental devido à baixa remuneração, escolas sem biblioteca e sem quadra esportiva. O problema é tão sério que há escolas até mesmo sem saneamento básico ou água potável. Sem dúvidas, a educação básica brasileira precisa de um olhar especial, precisa de recursos e isso é realmente urgente. No entanto, o Ministro da Educação anunciou as medidas para a área de uma maneira que fez a sociedade pensar que as universidades ficarão entregues à própria sorte. Não está claro o que será adotado, pois em alguns momentos o governo anuncia que haverá corte de verba, o que é muito preocupante, em outras ocasiões fala em contingenciamento e em outros momentos parece que será um adiamento, isto é, que o MEC não fornecerá verbas no momento, porém tudo volta em normal nos próximos meses. Enquanto o governo não for claro e não trouxer um plano concreto, só vai gerar mais revolta.

Voz para os estudantes

Há anos, os estudantes brasileiros pedem para serem ouvidos. Acabamos de passar por uma Base Nacional Comum Curricular, em que foram definidos os conteúdos que devem ser estudados, e os jovens não foram consultados. Infelizmente, assistimos a um desprezo pela voz dos alunos. E é preciso ter em mente que fazer uma educação pública de qualidade começa por ouvir o estudante.

Ouça o boletim na íntegra!
2019-05-16T13:49:47+00:00