COMO AJUDAR SEU FILHO A SE MANTER MOTIVADO PARA A RETA FINAL DO ANO LETIVO

/, Educação no País/COMO AJUDAR SEU FILHO A SE MANTER MOTIVADO PARA A RETA FINAL DO ANO LETIVO

Foto: Divulgação

 

Fonte: Extra Autora: Evelin Azevedo

O ano letivo está prestes a acabar. Após três das quatro provas, os estudantes já sabem em quais matérias precisam dar um gás a mais para passar direto. Mas, o problema é que a exaustão toma conta de todo mundo nesta reta final.

— O cansaço afeta o rendimento escolar, tão importante para esta etapa do ano. É aí que a família faz a diferença, para que crianças e adolescentes consigam manter o ritmo de estudos e tirar uma boa nota — avalia a escritora e educadora Andrea Ramal.

Apesar de muitos pais se sentirem desapontados e irritados com as notas baixas de seus filhos, nem sempre a cobrança dura por resultados melhores ajuda o estudante a evoluir em seu desempenho. Para os especialistas, mais valem palavras de apoio do que repreensão.

Quando o estudante está com nota ruim em grande parte das disciplinas ou sempre vai muito mal em uma matéria, e mesmo estudando muito não consegue o resultado esperado, é hora dos pais pesquisarem com um neuropsicólogo a possibilidade de o filho ter alguma dificuldade de aprendizado.

Para os especialistas, o segredo para não passar sufoco no último bimestre é acompanhar de perto a evolução do estudante durante todo o ano letivo e intervir antes da última oportunidade.

Como motivar os jovens

Organize uma planilha de estudos. Sente com o seu filho e veja quais são as matérias que ele mais precisa de notas. Direcione mais tempo de estudo para essas disciplinas.

Evite comparações. Não fale frases como “seu irmão passou direto, e veja só você”. Isso pode deixar seu filho ainda mais desmotivado e como menos autoconfiança para estudar.

Demonstre confiança. É demonstrar que você confia no potencial de seu filho para ele virar o jogo e conseguir uma nota boa na prova.

Use frases positivas. Em vez de dizer que se ele ficar na prova final vai ter menos tempo de férias, diga que se ele passar “direto”, as férias serão maiores.

Converse com os professores. Os professores podem mostrar para os pais quais são os pontos das disciplinas que o aluno sente mais dificuldade, assim como dar uma dica de o que pode ser feito para melhorar no próximo ano letivo.

Valorize pequenos avanços. Se o seu filho tirou 1 na primeira prova e 5 na segunda, procure valorizar essa melhora no desempenho mesmo que ela ainda não seja suficiente para passar de ano. Assim seu filho vai se sentir apoiado e valorizado, por perceber reconhecimento pelo esforço feito.

Planeje o ano seguinte. Para não passar sufoco no próximo ano letivo, reúna a família e converse sobre quais pontos precisam ser melhorados para 2020. Assim, a família consegue ajudar melhor o estudante a evitar este sufoco no ano seguinte.

Chame reforço. Se o aluno está com muita dificuldade em uma disciplina que os pais não dominam ou não têm paciência para explicar, vale a pena contratar um professor particular. Mas se a questão financeira for um problema, a alternativa é montar grupos de estudos com os colegas.

Determine o foco. Para reverter uma situação na qual o aluno precisa de muitos pontos para passar, deve-se estabelecer prioridades. Para focar no que é mais importante nesta reta final, vale cortar atividades extras, limitar o tempo gasto no celular, no videogame e na TV.

Reforce a autoconfiança. Ajude seu filho a pensar que ele é capaz de tirar uma nota boa na última prova, mesmo que neste ano letivo ele ainda não tenha conseguido alcançar naquela disciplina a nota que ele precisar tirar agora.

Leia a matéria completa
2019-11-04T12:09:25+00:00