ANDREA RAMAL FALA DO INCENTIVO À LEITURA NAS ESCOLAS

/, Educação em Casa, Educação no País/ANDREA RAMAL FALA DO INCENTIVO À LEITURA NAS ESCOLAS

A leitura deve ser usada como uma ponte entre adultos e crianças. Foto: Flickr/Secom UnB

 

Fonte: CBN 

No ‘Escola da Vida’ do dia 29 de agosto, a educadora Andrea Ramal falou do incentivo à leitura nas escolas. O deputado estadual Flávio Serafini, do Psol, um dos autores de projeto que institui sistema estadual de bibliotecas no Rio, participou da conversa e explicou a iniciativa.

Benefícios

A leitura é fundamental para a aprendizagem, pois desenvolve a imaginação, a criatividade e a capacidade de se expressar melhor. Graças ao livro, o indivíduo relaxa, visita outras épocas, entre outros benefícios. É uma pena que no Brasil não haja incentivo à leitura nas escolas, quando pensamos no número de instituições de ensino sem biblioteca”, analisa a educadora.

“Os pais precisam ler para os filhos, mesmo antes da alfabetização. Isso estimula uma série de competências. É importante lembrar também que a leitura é uma experiência de prazer, um momento agradável. Sendo assim, os pais precisam deixar a criança escolher o livro que quer ler, em vez de obriga-la a ler uma obra da escolha da família”, aconselha a especialista. 

Dicas

Andrea Ramal acrescenta que para as crianças já alfabetizadas, o estímulo para a leitura deve ser algo agradável. “É importante que os pais sentem junto para ler com as crianças e visitem livrarias. Outra dica é criar um cantinho da leitura e uma hora da leitura”.

Bienal do Livro

“A Bienal do Livro no Rio de Janeiro que começa dia 30 é um ótimo incentivo para crianças e jovens. Lá eles vão acompanhar o grande número de cariocas que adoram livros e como as pessoas estão animadas com o evento. É uma oportunidade para eles notarem como o livro é apaixonante”, comenta a Doutora em Educação pela PUC-Rio.

Ouça o boletim na íntegra
2019-08-29T14:49:45+00:00