AINDA DÁ TEMPO DE AJUDAR SEU FILHO A PASSAR DE ANO DIRETO

/, Educação em Casa, Educação no País/AINDA DÁ TEMPO DE AJUDAR SEU FILHO A PASSAR DE ANO DIRETO

Crédito: Freepik

 

Fonte: CBN

 

No ‘Escola da Vida’ do dia 8 de agosto, a educadora Andrea Ramal comenta a volta às aulas e como os pais podem ajudar os filhos a recuperar as notas neste segundo semestre.

“A maioria dos alunos tem alguma disciplina para recuperar no segundo semestre. A dica é que os pais ajudem na organização. Além disso, o foco é muito importante. Os alunos não podem deixar para estudar na véspera das provas. Sempre recomendo que os pais conversem com os filhos fazendo uma comparação com os atletas. Um jogador de futebol, por exemplo, não se prepara para o dia do jogo na véspera. Pelo contrário, o atleta treina todos os dias. E é assim que os estudantes devem lidar com as provas”, recomenda a educadora.

Dicas para notas azuis

“Para quem está indo bem, o papel dos pais é não deixar se acomodar. Em caso de dificuldade maior que o comum, um professor particular, um grupo de estudo ou ainda videoaulas na internet podem ajudar”, aconselha a Doutora em Educação pela PUC-Rio.

Desânimo no retorno às aulas?

“Na volta às aulas, muitas vezes, um pouco de desânimo é normal. É comum até com os adultos ficar com saudades das férias quando retorna ao trabalho. Entretanto, o desânimo do estudante pode significar algum problema maior. É necessário averiguar a causa do esmorecimento, que pode ser bullying, relacionamento com algum professor em especial ou até mesmo algum problema de aprendizagem. Às vezes os pais não se atentam para essas questões, porém um caso de necessidade de óculos, problema de audição, dislexia ou hiperatividade pode dificultar o acompanhamento das aulas e gerar como consequência a desmotivação do aluno. Os pais precisam descobrir a causa e conversar com os diretores da escola para saber o que está acontecendo e qual a orientação. Além disso, os pais sempre devem falar do colégio de maneira positiva, mostrando que será bom reencontrar os amigos e aprender coisas novas”, comenta a especialista.

 

Ouça o boletim na íntegra
2019-08-08T14:23:17+00:00